Estrutura Física

Arrozeira Banhado conta com uma moderna estrutura de secagem e armazenagem de arroz. Tem capacidade para estocar 45 mil toneladas de arroz em suas unidades de beneficiamento; recebendo 1500 ton/dia.

Gado de corte de Aceguá - RS.

A criação do gado, com trabalho continuo em melhoramento genético a Arrozeira Banhado, busca somente animais com características de desempenho adequadas para maior produção de carcaça em um período menor de tempo de engorda a campo em pastagem de azevém trevo e cornichão.

Processos de produção

Os processos de secagem e armazenagem dos nossos produtos são realizados utilizando a mais alta tecnologia, buscando segurança e eficiência das operações e qualidade dos produtos. Esse processo abrange as atividades desde o campo até o recebimento e armazenagem nas unidades de beneficiamento da Arrozeira Banhado. O transporte do arroz e da soja até a unidade de beneficiamento é realizado com o máximo de cuidado, a fim de preservar a qualidade dos grãos. Cada etapa do processo é inspecionada e ajustada para que se obtenha um produto de excelente qualidade.

Meio Ambiente

Nas áreas cultivadas pela Empresa, é feito o recolhimento de filtros de lubrificantes e de embalagens vazias de agrotóxicos para posterior envio a pontos de coletas. São utilizados tanques de combustível e rampas de lavagem com caixas de retenção de resíduos, para reduzir possíveis impactos negativos ao meio ambiente.

China Deverá Receber Volumes Recordes de Soja Brasileira Entre Maio e Julho

 

Com a baixa disponibilidade de produto no Brasil, a soja norte-americana passa a ser a mais acessível para a China neste momento. As expectativas são de que as compras da nação asiática cresçam no mercado dos EUA frente não só a menor oferta brasileira, mas também como forma de o país cumprir a Fase Um do acordo comercial com os americanos. 

A China ainda precisa comprar, segundo explicam os analistas da Agrinvest Commodities, cerca de 43 milhões de toneladas entre agosto e o final de janeiro para estar adequadamente abastecida. "E boa parte desse volume deverá ser comprado nos EUA", acreditam os executivos. 

A oleaginosa é um dos principais itens das importações da China e, por isso, o componente que tem maior peso na composição de suas compras. Porém, ainda de acordo com a Agrinvest, essas compras poderiam enfrentar alguns obstáculos até que voltem a volumes pré-guerra comercial. 

"Em 2017 as importações somaram US$12 bilhões (...) mas a pressão sobre as margens de processamento na China pode ser uma barreira para o cumprimento do seu compromisso", diz a Agrinvest. "E em um cenário otimista, a China poderia comprar 40 milhões de toneladas de soja norte-americana até janeiro. O montante somaria apenas US$ 14 bilhões". 

MARGENS DE ESMAGAMENTO

A gradual volta da China à normalidade depois do pico da epidemia de coronavírus no país traz também ao normal alguns setores importantes da economia, incluindo a agroindústria. Embora este setor não tenha sido paralisado, vinha trabalhando com limitações diante de uma demanda que também estava limitada. 

Assim, não só a produção de alimentos volta com força total, como o governo chinês também já pediu à empresas de alimentos que elevem seus estoques como medida de segurança e também temendo uma nova onda da doença.

"Negociadores estatais e privados de grãos, assim como produtores de alimentos, foram orientados a adquirir maiores volumes de soja, óleo de soja e milho durante conversas com o Ministério do Comércio da China nos últimos dias", noticiou a agência de notícias Reuters/Cingapura e Pequim, neste final de domingo (17). 

Dessa forma, deverão aumentar também os estoques de farelo e óleo de soja no país. E parte disso é reflexo ainda do grande volume de soja brasileira a ser recebida pela China de amio a agora. "A China deverá rceber 27 milhões de toneladas em maio, junho e julho, reforçando o sentimemtno de pressão sobre as margens", ainda segundo análise da Agrinvest Commodities. 

Das mais de 43 milhões de toneladas de soja embarcadas pelo Brasil de janeiro a abril, cerca de 80% do volume teve como destino a nação asiática. No primeiro quadrimestre de 2019, o volume embarcado passava pouco de milhões, de acordo com dados da Secex (Secretaria de Comércio Exterior). 

NORMALIDADE X DEMANDA

Um levantamento feito pela agência internacional de notícias Bloomberg já mostra que, aos poucos, é possível observar mais pessoas nas ruas da China, com os estudantes voltando às aulas e as famílias em restaurantes, jantando fora. E como explica o analista chefe da Shangai Intelligence Co., Li Qiang, a volta das escolas e dos restaurantes é um movimento-chave para o reestabelecimento, por exemplo, de carne de frango e ovos. 

Com o fechamento dos estabelecimentos e as pessoas confinadas em casa, os preços da carne suína - a mais consumida do país - recuaram a seus menores preços em mais de três meses e provocou severa pressão sobre o mercado futuro de ovos na Bolsa de Dalian. 

Segundo o Conselho Nacional de Grãos e Óleos da China (CNGOIC), o recebimento de soja brasileira na nação asiática deverá alcançar o recorde das 10 milhões de toneladas e ficar próximo a isso nos meses de junho e julho. Ainda de acordo com a instituição, a força deste movimento vem, principalmente, da recuperação de seus planteis de suínos após os picos de Peste Suína Africana. 

 

Fonte: https://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/soja/259513-china-devera-receber-volumes-recordes-de-soja-brasileira-entre-maio-e-julho.html#.XsPF8VdKjIU

Mais notícias

Agronegócio
30 de junho de 2020 Portaria Define Medidas Emergenciais de Controle da Praga dos Gafanhotos A Serem Aplicadas Em Caso de Surto No Brasil
Leia mais
Agronegócio
30 de junho de 2020 Comportamento do Mercado de Leite No Brasil Reflete Desajuste Entre Oferta e Demanda
Leia mais
Agronegócio
25 de junho de 2020 Arroz: Agentes Se Retraem das Negociações Internas
Leia mais
Agronegócio
25 de junho de 2020 Expectativas Para O Mercado de Adubos Em Curto Prazo
Leia mais

Fale conosco

Entre em contato com a Arrozeira Banhado. Utilize o Fale Conosco do Site para esclarecer suas dúvidas, enviar sugestões, elogios e solicitar informações sobre produtos e serviços. Este é o seu canal on-line para um atendimento rápido e fácil.

O site da Arrozeira Banhado é o seu mais novo canal de notícias e informações. Se preferir, além do formulário, utilize os canais de contato alternativo listados abaixo.