Gado de corte de Aceguá - RS.

A criação do gado, com trabalho continuo em melhoramento genético a Arrozeira Banhado, busca somente animais com características de desempenho adequadas para maior produção de carcaça em um período menor de tempo de engorda a campo em pastagem de azevém trevo e cornichão.

Estrutura Física

Arrozeira Banhado conta com uma moderna estrutura de secagem e armazenagem de arroz. Tem capacidade para estocar 45 mil toneladas de arroz em suas unidades de beneficiamento; recebendo 1500 ton/dia.

Processos de produção

Os processos de secagem e armazenagem dos nossos produtos são realizados utilizando a mais alta tecnologia, buscando segurança e eficiência das operações e qualidade dos produtos. Esse processo abrange as atividades desde o campo até o recebimento e armazenagem nas unidades de beneficiamento da Arrozeira Banhado. O transporte do arroz e da soja até a unidade de beneficiamento é realizado com o máximo de cuidado, a fim de preservar a qualidade dos grãos. Cada etapa do processo é inspecionada e ajustada para que se obtenha um produto de excelente qualidade.

Meio Ambiente

Nas áreas cultivadas pela Empresa, é feito o recolhimento de filtros de lubrificantes e de embalagens vazias de agrotóxicos para posterior envio a pontos de coletas. São utilizados tanques de combustível e rampas de lavagem com caixas de retenção de resíduos, para reduzir possíveis impactos negativos ao meio ambiente.

Abertura Oficial do Plantio da Soja No Rs Ocorre Virtualmente

Sem o plantio simbólico e com maquinários a campo, a abertura oficial da 10ª edição do plantio da soja no Rio Grande do Sul, safra 2020/2021, ocorreu nesta terça-feira, dia 20, em formato virtual. Com a participação do governador Eduardo Leite e do secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covati Filho, por vídeo, a transmissão ocorreu a partir da Cooperativa de Júlio de Castilhos (Cotrijuc), no município de Júlio de Castilhos – segundo maior produtor da oleaginosa no RS em 2019 –, na região central do Estado. O público acompanhou o evento pelas redes sociais.

"A celebração do início desse plantio é a celebração da resiliência, da resistência e do empreendedorismo gaúcho. Todo empreendedorismo deve ser saudado no nosso Estado, mas especialmente aquele ligado ao agronegócio. É o empreendimento que enfrenta adversidades climáticas. Enfrentamos severa estiagem que nos fez perder 45% da última safra de soja e que também gera dificuldades nesse momento de plantio. Nossos produtores rurais, porém, são resilientes, e enfrentam com otimismo e com técnicas mais modernas essas dificuldades climáticas para que possamos garantir semeadura de área plantada maior esse ano, também com expectativa de produtividade maior", disse o governador.

Mesmo sob os efeitos da pandemia de coronavírus e ainda se recuperando da grave estiagem da temporada passada, o agronegócio gaúcho inicia o novo ciclo da soja com a previsão de obter a segunda maior colheita de grãos (que inclui além de soja, milho, arroz e feijão) da história.

É o que prevê a estimativa da Emater-RS divulgada em setembro. O levantamento indica que a área total deve ser de 7,8 milhões de hectares (1,8% superior ao período anterior) com produção 40,2% maior do que a safra passada, alcançando 32,5 milhões de toneladas dos principais grãos de verão (soja, milho, arroz e feijão). A maior safra do Estado até então foi em 2017, com mais de 33,6 milhões de toneladas de grãos colhidos.

"A soja é a principal cadeia produtiva do RS: somos, hoje, o terceiro maior do Brasil no que diz respeito ao plantio, com as cidades de Júlio de Castilhos e Tupanciretã na liderança. O Estado sabe seu dever. Enfrentamos uma estiagem muito severa e isso atingiu muito a cultura de soja, com queda significativa e, dentro desse viés, estamos buscando encontrar mais mecanismos para proteger quem produz no RS, desburocratizando algumas questões e incentivando investimentos", afirmou o secretário Covatti Filho.

A soja é a cultura que tem a expectativa de maior aumento de produção (68,8%) e produtividade (65,7%) em relação à última safra, possibilitando a colheita de 18,9 milhões de toneladas – volume 68,8% superior à safra 2019/2020.

Leite disse também que, nos últimos anos, a soja tem relevante participação na economia gaúcha e se destacou mais em produtividade do que em área plantada. "Justamente devido a todo investimento que se faz em tecnologia, em irrigação, em equipamentos, na própria semente, de forma a ganharmos condições de produzir mais e, consequentemente, de gerar mais riqueza para o povo gaúcho", lembrou.

Até o momento, 4% das lavouras da nova safra já foram semeadas, o mesmo percentual registrado na média dos últimos cinco anos para o mesmo período no RS.

Fonte: http://www.jornalminuano.com.br/noticia/2020/10/21/abertura-oficial-do-plantio-da-soja-no-rs-ocorre-virtualmente

Mais notícias

Plantio
07 de dezembro de 2020 Clima Proporciona Retomada do Plantio de Soja No Rs
Leia mais
Plantio
20 de agosto de 2020 Agricultores Levantam Custos da Produção de Arroz Em Araranguá
Leia mais
Plantio
03 de outubro de 2014 Plantio Safra 2014/2015
Leia mais
Plantio
23 de novembro de 2012 Plantio da safra 2012/2013 já está concluido na Arrozeira Banhado
Leia mais

Fale conosco

Entre em contato com a Arrozeira Banhado. Utilize o Fale Conosco do Site para esclarecer suas dúvidas, enviar sugestões, elogios e solicitar informações sobre produtos e serviços. Este é o seu canal on-line para um atendimento rápido e fácil.

O site da Arrozeira Banhado é o seu mais novo canal de notícias e informações. Se preferir, além do formulário, utilize os canais de contato alternativo listados abaixo.